quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Fotos,lembranças e ... "causos"


Pedi à mamãe umas fotos de minha avó para postar aqui no cantinho dela.


Olhei, olhei e achei que esta seria bem adequada. Estamos eu (com 2 aninhos) e ela na praia de Copacabana bem em frente ao local onde morávamos.Reparem na "pose " que ambas estamos fazendo...Não somos duas "gatinhas" ?!?


Marietta Caspary nasceu no Rio de Janeiro em 7 de Outubro de 1913, mas muito vaidosa detestava falar sobre "idade", e quando lhe perguntavam ela fica extremamente irritada. Em muitos de seus documentos - para sua alegria- constava que ela era de 1914 , o que a deixava completamente feliz !!!


Minha avó estudou na Escola e Arte e Ofícios Wenceslau Brás, onde além das disciplinas "normais", ainda aprendia Artes, Artesanato, Culinária, e foi onde aprendeu (entre outras coisas) a fazer...chapéus !!!


Gostava de tudo o que se aprendia lá, exceto...cozinhar ( e, pior, limpar toda a sujeira decorrente do cozinhar...) !


Um agravante desta repulsa pela cozinha, talvez fosse o fato de que havia uma inspetora - D.Palmira - que não simpatizava nada com ela (cá pra nós a antipatia era recíproca, e minha avó quando cismava com alguém...).


Um belo dia minha avó foi escalada para a cozinha junto com as amigas - que também não gostavam da inspetora - e
resolveram "aprontar" uma surpresa...


O cardápio ficava em local de destaque para que todos pudessem ler : uma grande lousa onde as alunas escreviam os pratos que seriam servidos no dia.


Ela e as amigas haviam apelidado a D. Palmira de "Chuchu",e para provocá-la resolveram fazer... chuchu, entre outras delícias !


Grande foi a diversão das alunas e o aborrecimento da pobre D.Palmira ao ler em letras bem grandes no cardápio da Escola :


HOJE: "Grande fenômeno na cozinha : um chuchu vai comer outro !!!"


Esta era a minha avó querida: esperta, ousada, engraçada, e...TERRÍVEL !!!


Por hoje ficamos por aqui... Um beijinho carinhoso, Betty e Sueli


Contamos com os seus comentário, sim ?

3 comentários:

Anônimo disse...

Betty, Betty, agora sei com quem você aprendeu tantas traquinagens...êêê vovó querida!
Seu jeito dinâmico de expressar as experiências vividas é bastante significante e descontraído para mim, e acredito que para muitas alunas da turma de pedagogia(FINTEC).Gosto de aprender "artes!"
e dos encontros que temos semanalmente em sala de aula. Pena que são poucas as aulas para uma infinidade de assuntos importantes para tratar, aprender e trocar também... Um abraço. Vaniamax

criar e brincar disse...

Oi Betty, estive por aqui dando uma "espiada". Sempre falo pra minha filha que é ótimo ter vovó, pra ela aproveitar bastante e mais tarde ter lembranças gostosas como esta.
bjs
Damaris

Menina Prendada disse...

Oi Betty
Ai que saudades dos meus avós!!!
Meus avós (todos) já moram no céu e eu sinto uma saudade enorme deles.Muito obrigada por compartilhar conosco tanta coisa legal, e muito obrigada pelo carinho e pela visita. Beijos e tenha um ótimo domingo.
Com Carinho Dayse